Nutrição para lutadores: o que comer antes, durante e depois

Confira dicas de nutrição para lutadores e saiba o que comer antes, durante e depois dos treinos

Atualmente, os esportes de luta estão ganhando cada vez mais espaço no mundo, e principalmente no Brasil sua credibilidade cresce com a mesma proporção devido ao talento de lutadores brasileiros em artes marciais.

Hoje em dia, os grandes lutadores dedicam a maior parte de seu tempo à melhora da performance e rendimento, incluindo em sua rotina, além do tradicional treino específico de artes marciais, atividades como musculação, corrida, fisioterapia, entre outras. Com toda essa rotina de treinamento, uma alimentação adequada é fundamental para que os objetivos sejam atingidos. A nutrição do lutador pode melhorar consideravelmente o seu desempenho.

O QUE COMER ANTES DO TREINO?

A alimentação antes do treino é muito importante para garantir a energia necessária para a realização da atividade física, sendo que esta refeição deve ser rica em carboidratos complexos de baixo índice glicêmico , com o objetivo de fornecer energia durante todo o treinamento, moderada em proteínas e baixa em gorduras e fibras, pois estas tendem a retardar o esvaziamento gástrico.

O QUE INGERIR DURANTE OS TREINOS?

Recomenda-se que durante os treinos mantenha-se uma regularidade quanto à ingestão de líquidos, carboidratos e eletrólitos, dependendo da intensidade e duração do treinamento, além das condições climáticas que não podem ser desprezadas. Além da hidratação adequada, a administração entre 30 e 60 gramas de carboidratos de rápida absorção em cada hora de treino, garante uma menor depleção dos níveis de glicogênio

O QUE COMER DEPOIS DO TREINO?

Após o treinamento é de extrema importância repor os nutrientes para garantir ótima recuperação e evitar o catabolismo. Esta refeição é fundamental para atletas de luta, visto que estes indivíduos muitas vezes dividem seus treinamentos em duas etapas durante o dia. Nesta fase torna-se necessária à ingestão de alimentos ricos em carboidratos e proteínas para repor o gasto muscular, facilitando a recuperação do indivíduo.

Fonte: Site Médico

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *